Arquivos da categoria: Notícias

SESSÃO ESPECIAL DO DOCUMENTA-SE CINECLUBE DE 2 ANOS

baronesa

“Baronesa” foi o documentário escolhido para sessão especial do Documenta-se Cineclube que agora em janeiro completa dois anos de vida!

O filme conta a história de Andreia e Leid, que vivem na periferia de Vila Mariquinha, bairro da Zona Norte de Belo Horizonte. Leid espera com os filhos pelo retorno do marido preso. Andreia quer se mudar. Enquanto isso, tentam se desviar dos perigos de uma guerra entre traficantes na região.

Direção: Juliana Antunes
Ano de lançamento: 2017
Duração: 73min
País: Brasil

O Documenta-Se Cineclube é produzido pela Osmose Filmes com apoio do Rio Criativo, voltado para exibição e debate de documentários.

Convidada: Juliana Antunes (diretora de “Baronesa”)
Debatedor residente: Simplício Neto.
Curadoria e mediação: Emílio Domingos.
Assistente de produção: Luísa Surerus e Tufi Sami.
Textos: Luísa Surerus.

Endereço: Auditório do Rio Criativo na Rua do Catete, 243, a cinco minutos de caminhada desde a estação Largo do Machado do metrô.

Entrada gratuita!
Sabia mais clicando aqui.

SESSÃO ESPECIAL DO DOCUMENTA-SE CINECLUBE

O Documenta-se Cineclube é produzido pela Osmose Filmes, voltado para exibição e debate de documentários. Nossa sessão no mês de dezembro será em parceira com a Semana de Cinema 2018, e vamos exibir “Espera” de Cao Guimarães.

ESPERA_02

“Espera” é um filme que tem como tema a espera, registrando-a em suas mais variadas manifestações. A espera em uma fila, as esperas místicas, a espera de um ator para entrar em cena, a angustiante espera pelo sono, a espera pelos efeitos hormonais em uma adequação de identidade de gênero. O tempo da espera se confunde com o tempo da própria vida, em um mundo em que estamos desaprendendo a esperar.

Data: 11/12/2018 (terça-feira)
Debatedor residente: Simplicio Neto.
Curadoria: Emílio Domingos.
Convidada: Rita Piffer
Assistente de produção: Luísa Surerus e Tufi Sami.
Textos: Luísa Surerus.
Apoio: Rio Criativo
Local: Rio Criativo – Rua do Catete, 243, a cinco minutos de caminhada desde a estação Largo do Machado do metrô.

Entrada gratuita!

Saiba mais aqui.

Deixa Na Régua no XII Prêmio Pierre Verger de Filmes Etnográficos

O longa documentário Deixa Na Régua (2016) será exibido na sessão de Abertura do XII Prêmio Pierre Verger de Filmes Etnográficos/CAV/ABA junto ao curta Hotel Laide (2017) de Débora Diniz Rodrigues.

O diretor Emílio Domingos estará presente na sessão que será no dia 7/dezembro, às 19h.

Local: Espaço Le Corbusier – Embaixada da França no Brasil
S.E.S Av. das Nações, Quadra 801 – Lote 04 – Brasília

47317034_1416680001796446_5555548787310592_n

Confira a programação completa clicando aqui.

NOVO TEASER DO FAVELA É MODA

Saiu o teaser oficial do FAVELA É MODA, terceiro documentário da trilogia do corpo do diretor Emílio Domingos que acompanha o cotidiano de modelos da periferia do Rio de Janeiro.

fvlemoda

Direção: Emílio Domingos
Produtora Executiva: Leticia Monte
Produtor: Lula Buarque
Assistente de Produção: Luísa Surerus
Roteiro: Emílio Domingos e Simplício Neto
Direção de Fotografia: Léo Bittencourt
Assistente de Fotografia: Gonzalo Gaudenzi
Som direto: Bruno Espírito Santo
Arte: Rodrigo Lima
Edição Teaser: Gabriel Picanço e Lucas Millecco
Co-produção: Osmose Filmes e Espiral Criação
Uma parceria com o Canal Curta!.

Participantes por ordem de aparição: Hanna Tomaz; Daniel Lima; Vitória Cribb; Tamara Branco; Caio Guimarães; Raquel Félix; Pillar Freire; Cesar Martins; Karina Cabral; Camila Reis; Clariza Rosa; e Júlio Lima.

Assista ao teaser clicando aqui.

PRÓXIMA SESSÃO DO DOCUMENTA-SE CINECLUBE

No próximo Documenta-Se Cineclube veremos “A Vizinhança do Tigre” (2014), dirigido por Affonso Uchôa.

46067694_1400499906747789_3113032252221554688_o

“A Vizinhança do Tigre” narra a história de Juninho, Menor, Neguinho, Adilson e Eldo, jovens moradores do bairro Nacional, na periferia de Contagem. Divididos entre o trabalho e a diversão, o crime e a esperança, cada um deles terá de encontrar modos de superar as dificuldades e domar o tigre que carregam dentro das veias.

Lembrando que Documenta-Se Cineclube é produzido pela Osmose Filmes, e após a sessão sempre contamos com um debate sobre o universo do cinema e mundo do documentário.

Convidado: Simplicio Neto.
Curadoria e mediação: Emílio Domingos.
Assistente de produção: Luísa Surerus e Tufi Sami.
Textos: Luísa Surerus.
Apoio: Rio Criativo

Nosso encontro será terça-feira, 31 de julho, às 18h, no Auditório Multimídia (térreo) do Rio Criativo – Rua do Catete, 243.
A 4 minutos de caminhada do metrô Largo do Machado.

Entrada gratuita.

PRÓXIMA SESSÃO DO DOCUMENTA-SE CINECLUBE

WhatsApp Image 2018-08-20 at 11.38.04

No próximo Documenta-Se Cineclube teremos uma sessão especial com Curtas de Agnès Varda, são eles:

“Tio Yanco”, 18min (1967)
Curta-metragem em cores que retrata a vida do pintor Jean Varda, tio de Agnès Varda, em sua casa-barco na cidade de São Francisco (EUA).

“Saudações aos Cubanos”, 28min (1963)
Varda vai à Cuba no décimo aniversário da revolução, e apresenta uma visão romântica e esperançosa sobre o país, ao mesmo tempo em que homenageia o melhor da música cubana.

“Resposta das Mulheres: corpos, nosso sexo”, 8min (1975)
Neste documentário um grupo variado de mulheres responde ‘O que é ser uma mulher?’ diante das câmeras de Agnès Varda, abordando questões como maternidade, sexualidade, vida profissional, publicidade e relações amorosa.

“As ditas Cariátides”, 12min (1984)
1 pela televisão francesa, este é um breve documentário sobre imagens e estátuas neoclássicas encontradas em toda Paris. Um percurso poético sobre algumas figuras sempre presentes e simultaneamente ausentes da memória de quem habita onpp espaço frenético de uma grande cidade.

“Ulisses”, 21min (1982)
De frente para o mar, uma cabra morta, uma criança chamada Ulisses e um homem nu. Uma fotografia feita por Agnès Varda, em 1954. A partir desta imagem fixa, o filme explora o que poderia existir entre o imaginário e o real.

O Documenta-Se Cineclube é produzido pela Osmose Filmes, voltado para exibição e debate do documentário.

Convidado: Bárbara Bergamaschi e Simplicio Neto.
Curadoria e mediação: Emílio Domingos.
Assistente de produção: Luísa Surerus e Tufi Sami.
Textos: Luísa Surerus.
Apoio: Rio Criativo

Nosso encontro será terça-feira, 31 de julho, às 18h, no Auditório Multimídia (térreo) do Rio Criativo – Rua do Catete, 243.
A 4 minutos de caminhada do metrô Largo do Machado.

Entrada gratuita.

Saiba mais no evento Documenta-se Cineclube: Curtas de Agnès Varda